Sindicato participa de atos contra a “reforma” da Previdência em Jundiaí

O Sindicato dos Metalúrgicos de Cajamar participou ativamente de atos e paralisações em Jundiaí nesta sexta-feira (14), dia de Greve Geral contra os desmontes de direitos da proposta da Reforma da Previdência. Representantes da entidade estiveram engajados no movimento que ganhou as ruas do centro de Jundiaí, com concentração em frente ao prédio do INSS, onde movimentos sociais e sindicais falaram sobre a proposta do governo, que prejudica todos os trabalhadores.

Também houve concentração em frente à agência do Banco Bradesco, no calçadão da Rua Barão de Jundiaí, onde representantes de vários setores – metalúrgicos, professores, funcionários públicos, aposentados, comerciários, bancários – também alertaram sobre vários pontos da reforma da previdência, como o fim da aposentadoria por tempo de contribuição e a extinção da Regra 85/95.

De lá, houve uma passeata até a praça da Matriz, onde ocorreu um ato de conscientização a toda a população e distribuição de material informativo. “Temos que reagir a essa Reforma que acabará com o direito à aposentadoria e também contra os cortes dos recursos da educação, que comprometem o futuro dos nossos filhos. Precisamos dar uma resposta ao governo, que vem tentando destruir e acabar com o movimento sindical, que é o principal instrumento de luta e defesa dos direitos dos trabalhadores”, disse o presidente do Sindicato, Marcos Martins.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *