FEM-CUT/SP finaliza Plenária Estatutária com Plano de Lutas para o próximo período

Delegados de quatorze sindicatos de metalúrgicos do estado de São Paulo construíram o Plano de Lutas para os próximos 2 anos de mandato da atual direção.

O documento foi elaborado em cinco eixos: Enfrentamento ao desmonte da legislação trabalhista; derrotar a reforma da previdência; garantia das cláusulas de direitos nas Convenções Coletivas; defesa dos sindicatos; enfretamento eleitoral de 2018. “O projeto dos golpistas é acabar com qualquer direito do trabalhador e também impedir que os trabalhadores e trabalhadoras se organizem para enfrentar estes ataques”, destacou Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão, presidente da Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT São Paulo

Fonte: Agência de notícias da  FEM-CUT/SP – Foto: Torres Foto & Vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top