Trabalhadores na FB entram em greve

Compartilhe

Os trabalhadores na FB – Fabricadora de Bombas, em Cajamar, paralisaram as atividades às 7 horas da manhã de hoje (12). Eles protestam contra uma série de irregularidades que vêm sendo cometidas pela empresa.

Como se recorda, na quarta-feira (6), reunidos em assembléia, os trabalhadores deram um prazo de 48 horas para que a empresa resolver os problemas. Caso isso não acontecesse, eles deliberaram pelo início de uma greve por tempo indeterminado.

Os problemas na FB se arrastam há algum tempo e o Sindicato tem atuado firme na defesa dos direitos dos trabalhadores.

A empresa demitiu 9 trabalhadores  e simplesmente não efetuou o pagamento das verbas rescisórias. A direção chegou a procurar o Sindicato, propondo o pagamento parcelado, com o que não concordamos, de forma alguma.  O direito ao recebimento total da rescisão é garantido pela CLT.

Se isso não bastasse, a FB ainda fez um acordo unilateral de banco de horas, contrariando mais uma vez a legislação, onde está previsto que esta prática só é legal se for acordada em Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho com a participação do Sindicato.

Também tem ocorrido atraso no pagamento dos salários e falta de registro em carteira dos novos trabalhadores admitidos.

 

Problemas continuam

 

Depois da ameaça de greve, a empresa efetuou o pagamento dos salários atrasados e pagou as horas extras do banco de horas irregular, mas apenas para uma parte dos trabalhadores. Quanto aos demitidos, não foi feita a quitação das verbas rescisórias.

Diante disso, em nova assembleia, na manhã desta terça-feira, os trabalhadores decidiram cruzar os braços até que tudo seja regularizado.


Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *