Sindicato marca presença em Brasília contra reformas e por ‘Diretas Já’

Compartilhe

Dirigentes do nosso Sindicato estão hoje (24) em Brasília. Eles se uniram aos trabalhadores de todo o País na Marcha e Ocupação de Brasília contra as reformas da Previdência e Trabalhista e para pedir Fora, Temer e Diretas Já.

“A tarefa é ocupar Brasília contra os golpistas e suas medidas e fazer desta mobilização não apenas um ato de protesto contra as canalhices do congresso golpista, mas principalmente uma mobilização combativa que deixe claro para os golpistas do executivo, legislativo e judiciário que a luta dos explorados e de suas organizações não vai cessar enquanto o golpe não for derrotado”, comentou o companheiro Joildes, diretor do nosso Sindicato e da FEM-CUT/SP. “Esse governo não tem nenhuma legitimidade para propor as reformas e o Congresso não tem moral para votá-las”, afirmou.

O presidente do Sindicato, companheiro Peri, avaliou que o cerco está se fechando contra o governo Temer. “O sucesso da mobilização dos trabalhadores assusta os golpistas e o cerco que está se fechando contra eles faz com que atirem para todos os lados para tentar acertar algum alvo”, disse. Por isso, ele defende a participação efetiva dos trabalhadores na defesa dos direitos de todos. “O movimento deve estar atento e reagir conforme exige a situação. E a situação exige a intensificação da mobilização no sentido da construção de uma nova greve geral, dessa vez de dois dias. Esse 24 de maio em Brasília é um esquenta da nova greve geral. Para derrotar os golpistas o Brasil precisa parar. Já não por um, mas por dois dias. E essa manifestação em Brasília será um passo importante nesse sentido”, acrescentou.

 


Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *