Aposentados param a Dutra contra reforma da Previdência

Compartilhe

Pensionistas e aposentados pararam a via Dutra em dois trechos na manhã deste domingo (29), em protesto contra a PEC 287, a “reforma” da Previdência proposta pelo governo Temer.

 

O bloqueio promovido pelos manifestantes aconteceu em três pontos da rodovia. Na altura do Km 71 (sentido Rio de Janeiro) e Km 74 (sentido São Paulo), em Aparecida, e no Km 76, na cidade de Guaratinguetá. A interdição durou pouco mais de uma hora, tendo se iniciado às 10h.

 

O grupo realizou a manifestação após participarem de uma missa no Santuário Nacional de Aparecida, na tradicional Missa do Aposentado. De acordo com a Confederação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos (Cobap), uma das organizadoras do protesto, 15 mil pessoas romeiros aposentados participaram da celebração.

 

“Estamos aqui hoje para dizer não à reforma da Previdência, que vai acabar com o direito a aposentadoria de milhões de brasileiros. Não aceitamos que o governo e o Congresso queiram jogar essa conta sobre as costas dos trabalhadores”, defendeu ao portal Meon o presidente da Associação Democrática dos Aposentados e Pensionistas do Vale do Paraíba, Lauro da Silva.

 

Foto: Cobap


Compartilhe

Um comentário em “Aposentados param a Dutra contra reforma da Previdência

  • 30 de janeiro de 2017 em 20:49
    Permalink

    SOU APOSENTADA POR INVALIDEZ, FOI MUITO DIFÍCIL CONSEGUIR ESSE DIREITO SENDO QUE TENHO DUAS DOENÇAS ALTO IMUNE GRAVES, TOMO MUITOS REMÉDIOS E ISSO FAZ COM QUE TUDO FIQUE MAIS DIFÍCIL AINDA OU TOMO OU MORRO MINHA VIDA NÃO TEM OPÇÃO, ISSO QUE ESTA ACONTECENDO É ASSUSTADOR , O GOVERNO QUERER TIRAR NOSSOS DIREITOS ME DEIXA MAIS DOENTE AINDA DE MEDO E NERVOSO, SEM SABER O QUE FAZER, POIS NÃO TENHO COMO TRABALHAR DEVIDO MINHAS LIMITAÇÕES E MAU ESTAR HORRÍVEIS DEVIDO AS MEDICAÇÕES. SÓ DEUS EM NOSSAS VIDAS E PESSOAS QUE POSSAM COM SEUS CARGOS NÃO PERMITIR QUE ISSO NOS ACONTEÇA. E NOS PROTEGER DA GANANCIA DESSE GOVERNO COM TANTAS SONEGAÇÕES E ROUBOS …

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *