90% da base da Federação já fecharam acordos da campanha salarial

Compartilhe

Cerca de 90% da base da Federação já garantiram acordos da campanha salarial desde setembro, quando venceu a data-base da categoria. A estimativa é do presidente da FEM, Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão. No entanto, segundo ele, o objetivo é garantir reajuste salarial e cláusulas sociais da Convenção Coletiva para 100% da categoria no estado, formada por cerca de 200 mil metalúrgicos em 13 bases sindicais ligadas à Federação.

Luizão disse que vai continuar buscando a negociação estadual com os grupos patronais que ainda não definiram a campanha salarial e orientou os sindicatos a continuarem pressionando as empresas.

“A pressão dos sindicatos sobre as empresas é importante por dois motivos: ela força o empresário a fechar acordo local ou faz com que ele pressione o seu sindicato patronal a negociar a Convenção estadual”, explica Luizão.

 

Justiça e MP

 

Além de continuar buscando o acordo negociado, a FEM também estuda acionar a Justiça do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho para que os sindicatos patronais garantam a Convenção Coletiva para toda a categoria, incluindo a reposição da inflação nos salários, que está acumulada em 9,62% de setembro de 2015 a agosto de 2016, segundo o INPC/IBGE.

Tanto os acordos firmados pela FEM quanto os acordos por fábrica têm garantido, no mínimo, a reposição dos 9,62% de inflação nos salários, além da renovação das cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria.


Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *