Campanha Salarial:“União dos sindicatos foi fundamental para avançar nas conquistas”

Compartilhe

O balanço da Campanha Salarial da FEM-CUT/SP foi considerado positivo para os dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Matão, Monte Alto e Araraquara.
Dirigentes da Federação apresentaram, no último sábado (5), o balanço da Campanha Salarial deste ano. A atividade contou com a participação do assessor jurídico da FEM, Raimundo Oliveira.

Na opinião do diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Araraquara, Sérgio Frigieri, o Serjão, a campanha da FEM conseguiu aglutinar os sindicatos da sua base, fazendo com que todos caminhassem juntos durante as negociações. “A FEM deu salto de qualidade nessas negociações, conquistando mais avanços e mantendo o grupo unido”, atesta.

Ainda segundo o sindicalista, outro fator positivo foi a criação da agenda permanente de negociação para discutir as cláusulas sociais. “É um grande desafio que nós fizemos apostando nessas mudanças, isso mostra o interesse de ambas as partes, não só da Federação, mas também da bancada patronal em continuar avançando”, finaliza Sérgio.
O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Monte Alto, Vanderlei Tavares de Menezes, também avalia que a Federação teve um papel importante nas negociações. “Para nós este balanço que a FEM fez foi muito positivo, principalmente, para mostrar aos diretores de base como é feita uma negociação com as bancadas patronais”, conta.
Na avaliação do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Matão, Renato Pereira Novaes, o Buzina, a Campanha deste ano foi vitoriosa. “Nós conseguimos avançar nas cláusulas sociais sem nenhum direito a menos, pelo contrário, conquistamos melhorias nas cláusulas dos jovens e nas cláusulas sindicais”, finaliza Buzina.

Por: Viviane Barbosa, Redação FEM-CUT/SP, com Bruna Martucchi


Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *